sábado, 23 de abril de 2011

Confissões

                                                                                        Tilo
É bom ficar contigo, andar na chuva, olhar o céu
Inventar um nome para as estrelas
E para essa lua que nos olha com o canto dos olhos
É bom andar descalço com você nesse asfalto
Ou na poeira desse chão
Conversar Luana, Débora, Bárbara ou Tê...
Ver de novo o arco-íris e contar suas cores,
Se encharcar de alegria simplesmente por te ver sorrir
É bom sentir seu corpo junto ao meu,
Afagar seus cabelos,
Contar o dia passado,
Sonhar o dia futuro...
É bom ver você como se fosse uma rosa de vidro dentro de um frasco de cristal
Ou como uma pantera de pé sobre o monte alto...
É isso o que penso quando estou sentado no monte vendo o
Pôr do sol enquanto a noite se aproxima
E as gaivotas voam em bando...
E chego até a me esquecer do meu barco naufragado do lado esquerdo do meu peito...               


3 comentários:

  1. Lindos seus poemas, versos ! Vc escreve muito bem !

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. agradeço o elogio aguarde novas postagens

    ResponderExcluir